Ainda se recuperando da temporada de blockbusters mais explosiva de todos os tempos, a de 2015? Pois prepare-se, porque o ano que acabou de começar promete ser ainda maior, melhor e mais empolgante.

Os insanamente antecipados Batman Vs Superman: A Origem da Justiça e Capitão América: Guerra Civil são apenas a ponta do iceberg, por isso nós compilamos uma lista completa de filmes que você não quer, não pode e não vai perder em 2016. Prepare os bolsos e a pipoca!

Deadpool (11 de Fevereiro)

deadpool

Sete longos anos são o suficiente para esquecer o desastre que foi a participação de Ryan Reynolds como Deadpool em X-Men Origens: Wolverine? É a pergunta que o filme do estreante Tim Miller quer responder em fevereiro – trazendo Reynolds de volta para o papel que ele nasceu para interpretar. Deadpool promete ser tão cheio de profanidades e piadas quanto todos os fãs esperam que seja.

Morena Baccarin (Gotham), Gina Carano (Velozes & Furiosos 6) e T.J. Miller (Sillicon Valley) fazem parte do elenco, e o roteiro ficou com a dupla Rhett Reese & Paul Wernick, responsáveis por Zumbilândia.

Zoolander 2 (3 de Março)

Zoolander2

Zoolander se tornou um inesperado neoclássico cult para o público quase uma década depois do lançamento e talvez isso ajude a explicar a ansiedade para a continuação, novamente assinada pelo astro Ben Stiller. Os trailers e cartazes hilários também ajudam, assim como a lista inacreditável de elenco – que inclui o retorno de Owen Wilson e Will Ferrell, além dos novatos Penélope Cruz, Kristen Wiig, Olivia Munn e Benedict Cumberbatch.

O filme também está cheio de participações especiais de celebridades como Justin Bieber, Ariana Grande, Kim Kardashian West, Demi Lovato e Lenny Kravitz, a maioria interpretando a si mesmos. Stiller assina o roteiro com Justin Theroux (Homem de Ferro 2), Nicholas Stoller (Sex Tape) e John Hamburg (Entrando Numa Fria).

Batman Vs Superman: A Origem da Justiça (24 de Março)

batmanvssuperman

A DC Comics começa a construir seu universo cinematográfico expandido com Batman Vs Superman, provavelmente o arrasa-quarteirão mais esperado do ano. Zack Snyder segue na direção, o que garante a mesma identidade visual vista em O Homem de Aço. Na trama, os vigilantes de Gotham e Metropolis se enfrentam graças a uma discordância de métodos, enquanto uma ameaça ainda mais formidável (Doomsday) põe a humanidade em perigo.

Só o elenco já é motivo para ficar roendo as unhas de ansiedade: além de Ben Affleck e Henry Cavill como os heróis do título, tem Gal Gadot como a Mulher-Maravilha, Jason Momoa como o Aquaman, e uma lista impressionante de coadjuvantes – incluindo Amy Adams, Jeffrey Dean Morgan, Diane Lane, Jesse Eisenberg, Michael Shannon, Jeremy Irons, Holly Hunter e Laurence Fishburne. O roteiro ficou com Chris Terrio (Argo) e David S. Goyer (Batman Begins).

Mogli – O Menino Lobo (14 de Abril)

mogli

A recente leva de adaptações live-action da Disney para seus próprios clássicos em animação rendeu pelo menos dois bons filmes (Malévola e Cinderela), então por que não esperar muito de Mogli – O Menino Lobo, adaptação de um dos mais amados filmes da empresa? Jon Favreau (Homem de Ferro) na cadeira de diretor é um bom sinal – já foi anunciado que, assim como nas adaptações live-action anteriores, o novo filme não vai fazer uso das clássicas canções do desenho, contando a história do menino órfão que é criado na selva por um urso, uma matilha de lobos e uma pantera negra sem o auxílio de números musicais.

O elenco de vozes, perfeitamente escalado, tem Lupina Nyong’o, Scarlett Johansson, Idris Elba, Bill Murray, Christopher Walken e Ben Kingsley, e o roteiro ficou por conta de Justin Marks (Street Fighter: A Lenda de Chun-Li).

Capitão América: Guerra Civil (28 de Abril)

capitaoamerica3dest

Como se a disputa entre o Homem-Morcego e Kal-El não fosse o bastante, teremos outro enfrentamento entre heróis em 2016, dessa vez no lado da Marvel – Capitão América e Homem de Ferro brigam em Guerra Civil, em que um incidente infeliz faz o governo começar a exigir registro e controle de super-heróis. Os irmãos Russo, que fizeram de Soldado Invernal um dos melhores filmes da Marvel de todos, estão de volta na direção, assim como virtualmente todos os personagens que aprendemos a amar nesses quase 10 anos de franquia Marvel no cinema.

Entre as novidades tem Tom Holland (O Impossível) como a nova versão do Homem-Aranha, Martin Freeman (O Hobbit) num papel ainda não revelado, Daniel Brühl (Rush) como o Barão Zemo, e Chadwick Boseman (James Brown) como Pantera Negra. O roteiro é de Christopher Markus & Stephen McFreely, que escreveram os dois filmes anteriores do Capitão América.

X-Men: Apocalipse (26 de Maio)

xmenapocalipsecranio

Oitavo ou nono filme dos mutantes (dependendo se você quer contar Deadpool como um spin-off ou não), e quarto deles dirigido por Bryan Singer, Apocalipse promete estilhaçar os recordes e níveis de empolgação da franquia com uma história passada nos anos 80. Seguindo a timeline introduzida em Primeira Classe e estrelada por versões mais jovens dos personagens que conhecemos e amamos, enquanto enfrentam uma ameaça formidável na pele do titular Apocalipse (Oscar Isaac), “o primeiro mutante”, que tem o poder de controlar todos os outros.

Todo mundo está de volta no elenco, que ainda tem a adição de Olivia Munn (The Newsroom) como Psylocke, Sophie Turner (Game of Thrones) como Jean Grey, Tye Sheridan (Lugares Escuros) como Ciclope, Kodi Smit-McPhee (Ender’s Game) como Noturno e Alexandra Shipp (Straight Outta Compton) como Tempestade. Simon Kinberg (Sherlock Holmes) assina o roteiro.

Procurando Dory (30 de Junho)

procurando dory

Treze anos depois do incomparável Procurando Nemo, a Pixar aposta em mais uma sequência que vai deixar todo mundo com o coração apertado de nostalgia. Procurando Dory tem o retorno do diretor do filme original, o genial Andrew Stanton (Wall-e), e garante uma história tão inesquecível quanto a do primeiro filme, fazendo Dory se reencontrar com a própria família. Apesar do teaser não ter revelado muita coisa, nós confiamos o bastante na Pixar pra dizer que estamos loucos de ansiedade pelo filme.

O elenco de vozes conta com o retorno de Ellen DeGeneres e Albert Brook como Dory e Marlin, e conta com as importantes adições de Idris Elba (Thor), Dominic West (The Affair)e Diane Keaton (Alguém Tem que Ceder), além da dupla Ed O’Neill e Ty Burrell, de Modern Family. Eis um filme de animação que sem dúvida nenhuma vale a pena ver legendado!

As Caça-Fantasmas (14 de Julho)

Caca-Fantasmas

A controvérsia em torno de As Caça-Fantasmas, um reboot dos filmes estrelados por Bill Murray nos anos 80, mas com um elenco todo feminino, é mais um exemplo de frequentadores de cinema machistas reclamando da inclusão de mulheres em gêneros e franquias que eram “de homens” (Mad Max provou que há muito público para heroínas de ação sim). Nós, particularmente, estamos muito animados com o prospecto de As Caça-Fantasmas, dirigido e escrito pelo ótimo Paul Feig (A Espiã que Sabia de Menos).

As quatro caçadoras de espectros fantasmagóricos são feitas por Kristen Wiig (Missão Madrinha de Casamento), Melissa McCarthy (As Bem-Armadas), além de Kate McKinnon e Leslie Jones, regulares da atual temporada de Saturday Night Live. Os quatro atores do filme original estão confirmados para participações especiais, e entre os coadjuvantes tem Chris Hemsworth, o próprio Thor, que já provou seu timing cômico em Férias Frustradas.

 

Independence Day: O Ressurgimento (23 de Junho)

Independence Day 2

Será que a onda de nostalgia do cinema atual está indo longe demais? Independence Day: O Ressurgimento chega duas décadas depois do blockbuster que nos rendeu um dos discursos presidenciais mais inesquecíveis (e desavergonhadamente patrióticos) do cinema, e o trailer liberado na internet garante que o sentimento não vai ficar só no filme de 1996. A trama não complica: os aliens estão de volta para um segundo ataque à Terra, assim como os membros do elenco – Bill Pullman, Vivica A. Fox, Jeff Goldblum, Brent Spiner, etc.

No campo das novidades, temos Liam Hemsworth (Jogos Vorazes) como o herói da vez, e Maika Monroe, que recentemente esteve no ótimo Corrente do Mal, como a versão crescida da filha do (não mais) presidente Whitmore. O estreante Carter Blanchard assina o roteiro, então vá ao cinema assistir esse filme por sua conta e risco – principalmente tendo em vista que Roland Emmerich, o diretor, recentemente assinou o horroroso Stonewall.

Star Trek: Sem Fronteiras (21 de Julho)

startrek3

A tripulação toda está de volta para o terceiro filme do reboot cinematográfico de Star Trek, iniciado em 2009 por J.J. Abrams. Faltando na equipe só mesmo o próprio comandante Abrams, provavelmente ocupado na produção dos próximos filmes daquela outra franquia, Star Wars. Para substituí-lo, Justin Lin (Velozes & Furiosos 6) foi contratado, e o tom mais leve visto no trailer pode ser creditado ao roteiro, co-creditado à Simon Pegg, o Scotty da nova franquia e um veterano comediante britânico, que escreveu filmes como Todo Mundo Quase Morto e Heróis de Ressaca.

Além do elenco já estabelecido da série, o filme adiciona a presença ilustre de Idris Elba (Thor) como o vilão da vez – mais alguém notou que o ator britânico está aparecendo em vários dos itens dessa nossa lista? Sofia Boutella (Kingsman) também se junta à trupe.

Bourne 5 (28 de Julho)

bourne-5-matt-damon

Paul Greengrass e Matt Damon estão de volta para a franquia Bourne quase uma década depois de O Ultimato Bourne, e meros quatro anos depois do fracassado spin-off O Legado Bourne, estrelado por Jeremy Renner. Ainda se sabe muito pouco sobre o filme (ainda nem há um título!), mas a mera perspectiva de jogos de espionagem pós-Edward Snowden comandados pelo sempre excepcional Greengrass (Capitão Phillips), com filmagens em locações em Las Vegas e na Grécia, são o bastante para nos deixar animados.

O elenco ainda traz de volta Julia Stiles, que anda sumida desde as participações nos filmes originais da franquia, e adiciona Tommy Lee Jones (Lincoln), Vincent Cassel (Cisne Negro), Riz Ahmed (O Abutre) e Alicia Vikander (Ex Machina). O roteiro é assinado por Greengrass, Damon e até pelo editor Christopher Rouse, que ganhou o Oscar pelo trabalho em Ultimato.

Esquadrão Suicida (04 de Agosto)

esquadraosuicidacast

Tanto já foi falado e adiantado sobre Esquadrão Suicida que é quase redundante falar sobre ele, mas vamos lá: como todos já sabem, o filme junta todos os vilões mais amados/odiados da DC Comics em um supergrupo, comandado pela agente do governo Viola Davis e com a missão de derrubar uma ameaça ainda mais poderosa. David Ayer (Corações de Ferro) dirige e roteiriza esse que promete ser o mais sombrio (e, quem sabe, melhor) filme da DC em 2016.

O elenco espetacular inclui, é claro, Jared Leto (Clube de Compras Dallas) como Coringa, Margot Robbie (O Lobo de Wall Street) como Arlequina, Will Smith como Deadshot, Cara Delevigne (Cidades de Papel) como Enchantress e Jai Courtney (Divergente) como o Capitão Bumerangue.

Doutor Estranho (03 de Novembro)

doutorestranhomarvel

Benedict Cumberbatch pode interpretar qualquer coisa, como ele já provou em Star Trek, Sherlock, O Jogo da Imitação, O Quinto Poder, e vários outros filmes/projetos – mas é impossível negar que parece que o britânico nasceu para interpretar o mestre supremo das artes mágicas da Marvel em Doutor Estranho. Sob o comando de Scott Derrickson, um hábil diretor de terror que nos deu A Entidade e O Exorcismo de Emily Rose, o filme promete ser o mais desafiadoramente estranho e bacana da Marvel em 2016. O roteiro junta C. Robert Cargill (A Entidade), Jon Spaiths (Prometheus) e a dupla Thomas Dean Connelly & Joshua Oppenheimer (Sahara).

Além de Cumberbatch, já estão escalados para essa aventura a maravilhosa Tilda Swinton (Precisamos Falar Sobre o Kevin), num papel originalmente representado como masculino nos quadrinhos, Chiwetel Ejiofor (12 Anos de Escravidão), Mads Mikkelsen (Hannibal), Rachel McAdams (True Detective), Scott Adkins (A Hora Mais Escura) e Michael Stuhlbag (Um Homem Sério).

Animais Fantásticos e Onde Habitam (17 de Novembro)

animaisfantasticos2

O aguardadíssimo retorno do universo mágico de Harry Potter para as telas vem na forma de um prelúdio, urdido pela própria J.K. Rowling, que escreveu o roteiro. Ela aproveita o novo filme para nos apresentar a comunidade mágica dos EUA nos anos 1920, escalando Eddie Redmayne (A Teoria de Tudo) como um excêntrico mago britânico que, em suas pesquisas para desvendar as criaturas mágicas, se vê em uma situação difícil – e sim, isso é tudo o que sabemos até agora. Duas continuações já estão engatadas, no entanto, marcadas para 2018 e 2020, o que só pode significar que o filme é bom.

David Yates, que comandou os quatro últimos filmes da saga Harry Potter, volta à direção. No elenco coadjuvante tem Ezra Miller (As Vantagens de Ser Invisível), Colin Farrell (O Vingador do Futuro), Ron Perlman (Hellboy), Jon Voight (Missão: Impossível), Samantha Morton (John Carter), Carmen Ejogo (Selma) e até a cantora Alison Sudol, conhecida pelo nome artístico A Fine Frenzy.

Rogue One: A Star Wars Story (16 de Dezembro)

Star Wars: Rogue One

O primeiro de vários spin-offs de Star Wars planejados pela Disney para tapar os buracos entre os lançamentos dos filmes oficiais da franquia, Rogue One chega em Dezembro com uma história passada entre os episódios III e IV da série original, protagonizada por um grupo de rebeldes que tenta roubar a planta da Estrela da Morte de debaixo do nariz do Império. Com a direção de Gareth Edwards (Godzilla) e roteiro de Chris Weitz (Cinderela), o filme promete.

No elenco tem Felicity Jones (A Teoria de Tudo), Mads Mikkelsen (Hannibal), Alan Tudyk (Suburgatory), Ben Mendelsohn (Bloodline), Forest Whitaker (Nocaute), Diego Luna (Elysium), Riz Ahmed (O Abutre) e Donnie Yen (O Grande Mestre).

Assassin’s Creed (22 de Dezembro)

assassins-creed-filme

O time por trás do criticamente aclamado Macbeth se reúne novamente em 2016 para uma adaptação de vídeo game. A surpreendente escolha do diretor Justin Kurzel e dos astros Michael Fassbender e Marion Cotillard promete desmontar aquele velho ditado de que filmes baseados em vídeo games são ruins. A história traz Fassbender como o protagonista Callum Lynch, que descobre que seus antepassados foram assassinos de aluguel e explora as memórias deles, assim aprendendo a se tornar um assassino no presente.

 

Kurzel traz à reboque seu roteirista em Macbeth, Michael Leslie, mas ele se junta à Bill Collage & Adam Cooper, dupla responsável por Êxodo: Deuses e Reis. Além de Fassbender e Cotillard, o filme conta com Brendan Gleeson (No Limite do Amanhã), Jeremy Irons (Cruzada) e Michael Kenneth Williams (Boardwalk Empire).