Namorar não é fácil. Você deve concordar comigo – caso contrário, parabenizo você. Uma coisa importante sobre relacionamentos é que não devemos nos esquecer quem somos. Afinal, eles são feitos para unir duas pessoas, não transformá-las. Não importa se você é um viciado, especialmente quando este vício é em games.

Ah, e engana-se quem acredita que apenas os homens são os gamers da relação. Muito pelo contrário. As mulheres são jogadoras tão assíduas quanto eles, e já são uma parte significativa dos MMORPGs mais populares, como World of Warcraft. Alias, namorar um jogador de WOW (e LoL também, vai) renderia um post à parte, mas vamos nos focar nos gamers em geral por hora. Confira aqui na Fatos 5 coisas que só quem namorou (ou namora) um gamer vai entender.

5 – Sentir ciúmes dos personagens

Taylor

 “O nome dela é Neith, e ela é maravihosa. Quero dizer, olhe para o tamanho do arco!”

“Aham… Como se só o arco fosse grande…”

Pois é, a maioria da comunidade gamer se encanta por jogos que retratam mulheres lindas em roupas extremamente sexys ou homens charmosos e musculosos, trajando vestes rasgadas. Estas mulheres têm cabelos perfeitos, cílios longos e muito frequentemente peitos tão fartos que quase saltam da tela. E todos os homens têm armas do tamanho de sequoias, além de vozes mais profundas que o oceano.

Eles são tão incríveis que, perto deles, não somos absolutamente nada. E então, ficamos com ciúmes. Não importa quantos argumentos você possa ter, sem dúvida alguma vai se sentir um tremendo idiota por já ter sentido ciúme (por menor que seja) de uma imagem gerada por computador, especialmente quando seu namorado não consegue parar de olhar para ela – até mais que para você. Pior é quando tem um jogador online por trás de tal personagem – aí a situação pode ser ainda pior.

4 – Achar que ele está te escutando, quando na verdade está com fones de ouvido

Dwight

“Amor, o que você quer para o jantar?”

*click click click*

“Amor? Acho que vou fazer macarrão. Pode ser?”

*click click click*

“Por**, da pra me responder?!!”

Você se sente tão ignorado que quase termina o namoro ali mesmo, mas então percebe que ela estava usando fones de ouvido o tempo todo. Quem nunca? Nessa situação, você 1) se sente aliviado ou 2) fica ainda mais irritado com a situação. Isso depende.

 

3 – O papo “eu quero ser um jogador profissional”

Revirar

“Tava pensando, acho que vou sair do meu emprego.”

“Sério? Por que?”

“Bom, eu estou pensando em fazer algo que eu gosto, que realmente vai me fazer feliz.”

“Isso é ótimo! O que você está pensando?”

“Vou ser um jogador profissional.”

“Ah…”

Embora haja uma boa quantidade de pessoas que são pagas (e muito bem) para testar jogos antes do lançamento, competir em competições internações e etc, ser um jogador profissional é mais um sonho que um emprego. Sim, seria incrível, mas não é algo que você saí falando por aí, especialmente para quem você pretende se casar. As pessoas normais tem empregos normais, infelizmente.

2 – Gastar uma fortuna com presentes

BB

“Amor, vou sair para fazer compras do Natal. O que você está pensando?”

“Bom, eu tava querendo dar uma melhorada no meu computador. Talvez um mouse melhor, outra placa de vídeo… ah, um fone de ouvido também. E tem também aquele jogo que eu te falei, que finalmente vai ser lançado pra PS4, mas eu quero a versão Deluxe e ilimitada.”

Pois é. Foi se o tempo em que os presentes eram equivalentes – aquela saudável troca entre dar e receber. Se você namora um gamer, a melhor forma de agradá-lo vai ser com jogos e equipamentos, e ambos são muito caros, especialmente no Brasil. A média de preço para os novos jogos são de aproximadamente R$200,00 – nas versões mais simples. É… o fim de ano está logo aí, melhor economizar dinheiro, galera!

1 – “Não dá pra pausar o jogo!!”

Help15

“Amor, preciso da sua ajuda aqui.”

“Não posso pausar o jogo.”

“Mas amor, a comida caiu da bandeja e o forno está pegando fogo! Minhas mãos estão cobertas de óleo! Preciso mesmo da sua ajuda!”

“Não posso pausar o jogo. Dá um jeito aí!”

“Caramba! Eu estou em chamas!!”

“Já disse! Não posso pausasr o jogo!”

E então você morre. Quem nunca? Pior que namorar um gamer, só namorar um gamerque curte jogos online. Se ele está no meio de um boss super poderoso, ajudando a curar uma raid de 25 jogadores, tenho certeza que não existe nada – absolutamente nada – que o vá tirar da cadeira. O mesmo vale para uma partida de MOBA.

COMPARTILHAR